Notícias

Rua Santo Antônio, s/n - Itatiaia
Ouro Branco / MG - CEP: 36420-000

contato@osbemtevis.org.br
           

COMUNIDADE DE ITATIAIA COMEMORA RECUPERAÇÃO DE PEÇA SACRA DA IGREJA MATRIZ DE SANTO ANTÔNIO.

Após, 19 anos de espera, moradores aguardam ansiosamente a chegada de São João Batista Menino, furtado em 1994.

Voltar

O pequeno vilarejo de Itatiaia, que fica 10 Km de Ouro Branco, já festeja a recuperação de São João Batista Menino da Igreja Matriz de Santo Antônio.

A Escultura foi uma das 19 peças, que fora furtado em 94, quando deixou moradores e toda região amargurado pela perda. Até hoje nativos, se emocionam falar do assunto pela dor e sofrimento da perda da imagem de devoção e fé;

Recuperada pela Polícia Federal e sobre a guarda do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 2011, a Associação Sócio Cultural Os Bem-Te-Vis, iniciou o processo de reconhecimento, depois de receber notícias da apreensão de centenas de peças. Reconhecida pela comunidade, a entidade iniciou o processo devolução. A peça sofreu muitos danos, onde toda sua carnação estava coberta por uma massa branca. Durante o desaparecimento, ela sofreu a remoção de boa parte de sua policromia, que depois foi complementada com a referida massa somente na carnação. Houve perda dos atributos como carneirinho e a cruz. Diante dessa situação a Associação Sócio Cultural Os Bem-Te-Vis, iniciou as negociações para que a escultura fosse restaurada antes do seu retorno.

 As negociações foram feitas com a Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerias, (EBA/UFMG) que recebeu a peça do IPHAN.

Orientada e coordenada pela Professora Luciana Bonadio, a escultura foi instrumento de um trabalho de conclusão de curso (TCC) pela aluna Patrícia Pereira. Foram realizadas as seguintes intervenções: remoção de intervenções anteriores; limpeza; nivelamento de lacunas da camada pictórica; reintegração cromática de camada pictórica e aplicação de camada de proteção.

De acordo com a orientadora Luciana Bonadio, todas essas intervenções, critérios foram estabelecidos de acordo com as teorias da restauração, levando-se em consideração a história, a estética e a função da obra.

Para restauradora acompanhar todo processo de restauro, é gratificante contribuir para que mais uma peça retorne para sua comunidade; “ É extremamente gratificante poder contribuir para a preservação de um bem cultural, ainda mais sendo um bem com função religiosa, uma imagem de culto. Mais feliz ainda, fico ao saber que a comunidade de Itatiaia, que sempre zelou pelos seus bens, terá novamente o São João Batista junto de Sant'Ana”. Conclui Luciana Bonadio.

Os devotos de São João Batista Menino, como a moradora de Itatiaia, Almerinda Vilaça de 91 anos, aguardam ansiosamente a chegada do Santo, e não ver a hora de poder agradecer a Deus e dirigir orações ao São João. Dona Almerinda por mais de 60 anos, foi zeladora da Igreja, se emociona ao falar do retorno do Santo Devoto; “Fico muito feliz e satisfeita com o retorno do São João Batista. Sempre em minhas orações diárias peço a Santo Antônio que ajude encontrar nossos santos. Temos muito que agradecer  a Deus, e aos “Bem-Te-Vis” que foram  a traz para que a peça retornasse para nossa Igreja”. Afirma Almerinda Vilaça.

A Associação Sócio Cultural Os Bem-Te-Vis, uma entidade sem fins lucrativos com sede na comunidade de Itatiaia, desenvolve diversos projetos nas áreas sócio culturais em educativas. Parceira da Arquidiocese de Mariana em projetos nas áreas de preservação e conservação, organização foi a responsável pela localização e identificação da peça. Desde 2011 a entidade vem negociando com IPHAN, EBA/UFMG para o retorno da peça.

O coordenador de Projetos Culturais Wilton Fernandes, fala do momento que a comunidade vive com a chegada da peça de São João Batista. “Estamos muito felizes por termos conseguido localizar e identificar mais uma peça da Igreja Matriz de Itatiaia. Foi um processo complicado, mas não desistimos, pois nossa fé falou mais alto. Agora vamos batalhar para localizar as outras peças que foram desaparecidas. Pois é muito gratificante dar essa alegria para a comunidade local.” Relata Wilton Fernandes.  Escultura de e São João Batista Menino, do século XVIII, é  esculpida em Madeira Policromada, não há registros de autor  da obra, de Propriedade da Igreja Matriz de Santo Antônio, Distrito de Itatiaia, Ouro Branco/MG é tombada IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e com a função social de Culto Religioso. A peça de São João Batista ficava no Centro do Altar de Sant’Ana.